População-alvo: para quem a atividade se destina?

Fatores como localização geográfica e características socioeconômica podem ajudar a definir o foco do projeto

De uma maneira geral, projetos socioambientais trabalham com recursos escassos. Ou seja, nem sempre há dinheiro e/ou pessoal capacitado suficientes para atender a todos que gostaríamos. Dessa forma, delimitar de forma efetiva a população-alvo faz com que os esforços possam ser concentrados em determinados grupos, mais necessitados ou que, por algum motivo, deveriam ser priorizados.

Alguns fatores, tais como localização geográfica, características socioeconômicas, entre outras, podem nos ajudar a definir o foco do projeto. Imagine um programa que tenha por objetivo realizar consultas de pré-natal em determinados municípios.

Tal projeto pode ser mais eficaz se focado em determinado grupo: primeira gravidez de mulheres com ensino fundamental incompleto, por exemplo (confira aqui um exemplo aplicado de definição de população-alvo).

Este grupo poderia receber atendimento priorizado caso não fosse possível incluir todas as grávidas na ação. A figura abaixo consta no Guia de Avaliação de Impacto Socioambiental do Insper Metricis e ilustra a situação.

Total de grávidas

Ficou curioso para ter mais informações sobre como definir a população-alvo? Acesse o Guia Insper Metricis. Em breve abordaremos outros passos essenciais para um bom plano de medição. Não perca os próximos tópicos!

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.