Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Minha Pequena Maya Gabeira

Como a mentalidade desempenha um papel crítico em como você lida com os desafios da sua vida

Como vocês foram de fim de ano? Por aqui tudo bem. Tive a oportunidade de fechar esse 2020 desafiador na praia, com minha esposa e minha filha de 3 anos. Aproveitei para relembrar o quanto a combo sol, areia e ondas podem deixar uma criança feliz.

Como acredito que o esporte ajuda a dar disciplina, resistência e foco para as pessoas, desde criança busco estimulá-la a experimentar novas formas de se exercitar. Estando numa praia tranquila e ciente de que surfar não é exatamente uma das minhas qualidades, contratamos um professor bastante atencioso para iniciá-la no esporte.

Apesar de ser didático e paciente, minha filha teve bastante dificuldade para ficar de pé na pranchinha. E depois de cair uma, duas, três vezes, ela se virou pra mim, com seus lindos cachinhos loiros e aquela vozinha de choro, que parte o coração de qualquer pai babão como eu, e disse:

-- “Papai, eu não consigo”.

Por coincidência, recentemente um grande amigo me presenteou com um livro chamado “Mindset, A nova Psicologia do Sucesso”. A obra foi escrita pela talentosa Carol Dweck, que é professora de psicologia da Universidade Stanford e especialista em motivação humana. Segundo a Carol, Mindset é uma autopercepção que as pessoas têm sobre si mesmas e que tem impacto direto na forma como cada um encara a sua vida. Acreditar que você é inteligente ou não, é um exemplo simples desse tipo de mentalidade.

Segundo seu estudo, existem 2 tipos de Mindset: aqueles que têm uma mentalidade fixa, que acreditam que essas qualidades nascem com as pessoas e que são imutáveis e aqueles com uma mentalidade de crescimento, que acreditam que essas habilidades podem ser desenvolvidas e fortalecidas por meio de comprometimento e trabalho árduo. Em suma, ela tenta mostrar que o sucesso não é baseado em habilidades inatas das pessoas, mas sim em aprendizado, treinamento e obstinação.

Sua mentalidade desempenha um papel crítico em como você lida com os desafios da sua vida. Na escola, uma mentalidade construtiva pode contribuir para maiores realizações através de um maior esforço. Ao enfrentar um problema, como quando for procurar um novo emprego, as pessoas com mentalidade de crescimento mostram maior resiliência.

Elas são mais propensas a perseverar em face de contratempos, enquanto aquelas com mentalidade fixa são mais propensas a desistir rápido. É assim também no amor, na amizade e nos negócios apesar, de talvez, a área onde esses exemplos sejam mais ilustrativos seja o esporte.

No boxe, Rocky Marciano, único campeão mundial dos pesos pesados na história do boxe profissional a se aposentar invicto, era menor que os outros lutadores e tinha braços mais curtos, diminuindo o alcance de seus golpes. Romário, o melhor atacante que já vi jogar, foi rejeitado no início da carreira pela sua baixa estatura, muito antes de ser eleito o Melhor Jogador de Futebol do Mundo pela FIFA em 1994.

Maya Gabeira, provavelmente a melhor surfista de ondas gigantes do mundo, sofreu uma queda quando tentava bater o recorde mundial em 2013. A atleta foi resgatada inconsciente e teve que ser reanimada por socorristas na beira da praia. Cinco anos depois, ela surfou uma onda de 20,7 metros e entrou para o Guiness Book, o livro dos recordes, como a primeira mulher a surfar uma onda ilimitada. São inúmeros os exemplos.

Ter uma mentalidade construtiva pode ter benefícios reais e por isso deve ser estimulado desde criança.

Dweck recomenda que "Se os pais querem dar um presente a seus filhos, a melhor coisa que podem fazer é ensiná-los a gostar de desafios, ficar intrigados com os erros, valorizar o esforço e seguir sempre aprendendo”.  Elogiar apenas a inteligência das crianças prejudicará sua motivação e seu desempenho.

Por isso, voltando à minha pequena “Maya Gabeira”, eu tirei-a da prancha, levei-a para areia, abaixei-me para ficar do seu tamanho e falei olhando no fundo dos seus olhos: “Eu estou aqui do seu lado e estou impressionado como você está melhorando a cada tentativa. Eu sei que não é fácil, mas vamos pedir pro professor te ajudar novamente, porque você está quase conseguindo”.

E ela conseguiu! Conseguiu não apenas ficar em pé em sua prancha mas, mais do que isso, acredito que ela deu mais um passo na direção de perceber que esforço e dedicação podem trazer aprendizado e capacidade de atingir os seus objetivos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também