O essencial para um líder avançar na carreira, por Cris Junqueira, do Nubank

O que os profissionais que avançam na carreira têm em comum? Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank, tem uma resposta clara: capacidade de aprender rápido

O que os profissionais que avançam na carreira e são realmente relevantes no mercado têm em comum? Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank, tem uma resposta clara: capacidade de aprender rápido.

"As pessoas mais importantes do time são aquelas que entregam resultado, que correm atrás. Normalmente, esses profissionais também têm uma capacidade elevada de aprender. Eles estão sempre se desafiando, sempre se colocam na posição de protagonistas para resolver os problemas que aparecem. Eles não se acomodam", afirma.

No vídeo desta quinzena, a executiva faz uma reflexão sobre as habilidades e comportamentos para serem desenvolvidos se você quer ser um bom líder, um profissional de fato relevante para o time em que trabalha e um forte candidato para ser promovido.

Quais as habilidades essenciais para bons líderes?

Cristina Junqueira: A primeira é visão estratégica, que é entender o que está acontecendo de uma perspectiva mais ampla  E, a partir disso, ter uma visão de onde você quer chegar e  qual caminho você vai trilhar para isso.

Segundo, capacidade de resolver problemas. Certamente desafios vão acontecer ou mesmo barreiras já esperadas que você terá que resolver. Um bom líder é muito pragmático em relação a essas questões.

O Bob Iger, que é ex-CEO e atual chairman da Disney, fala que: "Uma das características de um bom líder é o otimismo, um entusiasmo pragmático com o que pode ser conquistado. (...) As pessoas não gostam de seguir pessimistas”.

Quem vai seguir alguém que acha que tudo vai dar errado, que não vai ter saída? Há sempre um jeito, é uma questão de encontrar essa saída.

A comunicação é a terceira habilidade essencial para líderes. Não conheço um líder que não seja um bom comunicador. Ter uma comunicação clara, direta, concisa e transparente é extremamente importante. Isso ganha muita eficiência com as equipes, agiliza o trabalho que tem que ser feito.

Vale lembrar que a comunicação não é só sobre falar, é muito sobre ouvir. É muito importante a escuta ativa: estar disponível e parar para ouvir ativamente o que o time, mercado e clientes têm a dizer.

Quarto ponto é a  capacidade de influenciar e inspirar pessoas. A Michelle Obama fala que "pessoas que são realmente fortes levantam os outros. Pessoas que são verdadeiramente poderosas trazem os outros junto com elas”.

Liderança é sobre  inspirar as pessoas a seguirem uma determinada direção. Isso não tem a ver com ser chefe. Você não precisa ter essa ascensão hierárquica para exercer sua liderança. É sobre influenciar.

Por último, bons líderes são bons líderes para si mesmo. Eles têm muito autoconhecimento, inteligência emocional, clareza sobre em que são bons e em que precisam melhorar. Recentemente, fiz uma coluna inteira com dicas sobre inteligência emocional — vale conferir.

Como ser um profissional indispensável para a empresa?

Cristina Junqueira: As pessoas mais importantes do time são aquelas que entregam resultado, que correm atrás, com quem se pode contar. Normalmente, esses profissionais também têm capacidade de aprender. Eles estão sempre se desafiando, sempre se colocam em uma posição de protagonistas para resolver os problemas que aparecem. Eles não se acomodam.

O que faz um profissional júnior avançar para um cargo mais sênior?

Cristina Junqueira: Os critérios de promoção são diferentes em cada empresa e em cada departamento. Por isso, é muito importante entender com seu gestor quais são as expectativas. Feito isso, em geral, para promover alguém, queremos ver maturidade e habilidades que são demandadas na próxima posição. O objetivo é, na posição que você está agora, encontrar oportunidades para desenvolver essas habilidades ou demonstrar que já possui.

A vivência de uma pessoa e seu lado humano são mais importantes do que o técnico para uma vaga?

Cristina Junqueira: Depende da função e da área. Mas eu, geralmente, costumo pesar muito as habilidades mais gerais que a pessoa tem independente de um conhecimento técnico específico porque acredito que isso pode ser adquirido.

Uma das competências mais importantes é a capacidade de aprender e aprender rápido. Se você tem essa capacidade, o conhecimento técnico não deveria importar tanto. Coisas como inteligência emocional, maturidade, dedicação, todo esse aspecto mais comportamental é muito relevante.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.