A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

O fator decisivo para o sucesso do meu negócio, e que pode alavancar o seu

Como empreendedora e investidora no Shark Tank Brasil, vou te contar por que demorei 16 anos para criar meu curso de empreendedorismo

Na próxima semana, começo um novo capítulo na minha carreira: depois de 16 anos me dedicando exclusivamente ao empreendedorismo — através das minhas empresas e dos investimentos em negócios promissores no Shark Tank Brasil, da Sony — serei professora.

Durante grande parte da minha carreira, mais precisamente desde quando ganhei projeção nacional, recebi diversos questionamentos sobre qual o segredo do sucesso que alcancei como empreendedora. Jornalistas, apresentadores, palestrantes, profissionais e aspirantes a empreendedores queriam entender o que diferenciava a minha trajetória da de tantos outros que fracassaram no meio do caminho.

E, sinceramente, eu não tenho como responder a essa pergunta. Não sei o que os outros fizeram ou deixaram de fazer. Sei apenas do que eu fiz e onde coloquei os meus esforços — e são essas experiências e aprendizados que eu quero compartilhar com você no meu curso, o ‘Do Zero ao Negócio’.

Mas para te explicar porque demorei tanto tempo para colocar esse projeto no ar, preciso antes te contar sobre minha trajetória. É bastante provável que você se identifique minimamente com o que vou te contar agora, afinal, eu também comecei com apenas uma ideia.

Quer tirar a sua ideia do papel e transformá-la em um negócio de sucesso? Te explico como

Minha trajetória no empreendedorismo

Pra ser MUITO sincera com você, nos primórdios da minha carreira nem a ideia eu tinha. Explicando melhor: durante grande parte da minha adolescência lá em Porto Feliz, uma cidade de 51 mil habitantes no interior de São Paulo, meu sonho era trabalhar com moda.

Essa vontade surgiu principalmente por conta da minha família — minha mãe e avó sempre trabalharam com confecções, e eu entendia que esse seria o caminho natural que eu seguiria também.

O mercado financeiro era uma verdadeira incógnita para mim e nunca foi sequer uma opção. Quem mudou esse pensamento foi meu irmão Joaquim. Foi ele quem, um dia, decidiu começar a estudar sobre a área incentivado por um professor e acabou me ‘puxando junto’.

Não vou mentir para você — afinal, esse espaço aqui é para que eu seja 100% sincera e transparente: em um primeiro momento, o mercado financeiro me assustou bastante. Muitos números, gráficos, telas, índices, uma infinidade de tipos de investimentos. 

Tudo aconteceu aos poucos, mas quando me dei conta, já queria me arriscar mais. Foi assim que, em 2005, eu e meu irmão aceitamos um estágio não-remunerado em um escritório de investimentos. Sim, minha primeira experiência na área foi sem ganhar absolutamente NADA por isso.

Na verdade, costumo dizer que eu pagava para trabalhar, afinal, eu precisava desembolsar uma quantia considerável com transporte e alimentação, por exemplo.  Eu não vou te dizer para trabalhar de graça como eu fiz. Não é isso o que quero.

Mas o que eu quero dizer é que, no começo, pode parecer que a nossa jornada não está de fato nos trazendo retornos. Mas empreender é sobre processos e sobre paciência — além de toda a parte técnica e de planejamento que você com certeza já ouviu falar.

Participe de uma imersão exclusiva comigo e receba conteúdos sobre empreendedorismo

Como começar um negócio do zero

Ainda falando sobre os meus processos, foi durante esse estágio que eu me apaixonei pelo mercado financeiro e entendi que era nessa área que eu trabalharia para o resto da vida. Não é à toa que, menos de um ano depois, eu estava dando meu primeiro passo como empreendedora, e, adivinhem em qual área... Isso mesmo, no mercado financeiro. Eu e Joaquim abrimos nosso primeiro escritório de agentes autônomos de investimento.

Aquele mundo me brilhava os olhos mais do que qualquer coisa, e em nenhum outro momento voltei a pensar na carreira em moda. Ali, naquele primeiro negócio, eu vi a possibilidade de ganhar meu dinheiro, construir meu futuro e conquistar uma liberdade que nenhum emprego CLT me daria.

A mensagem que quero te passar é que não importa de onde você esteja começando, ou qual é a ideia que você tem. Veja bem, mesmo se eu tivesse escolhido a moda, eu ainda assim poderia ser empreendedora. 

É possível empreender em qualquer área? Participe do "Do Zero ao Negócio" e descubra comigo como tirar sua ideia do papel

O mercado financeiro foi apenas a ferramenta que encontrei para construção do meu futuro naquele momento. Mas se você for apaixonado por culinária, confeitaria, marcenaria, vendas, design... isso não importa. É o seu comprometimento que vai definir o sucesso ou fracasso do seu negócio.

A partir do momento em que tomei essa decisão, lá em 2006, eu nunca mais parei. Saí de um escritório alugado com 50 metros quadrados para a vida que tenho hoje, e que você provavelmente já conhece um pouco. Mas nada disso aconteceu da noite para o dia.

Fundei, ainda junto ao meu irmão, a WHPH — Work Hard, Play Hard — com o objetivo de operar na Bolsa com nosso próprio capital. Sou colunista do Estadão, apresentadora do Café com Mercado do UOL Economia, investidora no programa Shark Tank comprando empresas com o capital que consegui investindo na Bolsa, além de fundadora e presidente da Atom S/A — a maior empresa de traders da América Latina.

Até pouco tempo atrás, eu era a única presidente mulher de uma empresa com capital aberto no Brasil. E esse é só o começo da minha história. Como falei, empreender é sobre paciência e processos. Enquanto eu tiver vitalidade vou elaborar novas ideias que darão origem a novos negócios. Como o que eu quero te apresentar aqui.

É uma boa hora para começar um negócio novo?

Todos esses pontos que destaquei até aqui foram constatações e aprendizados que adquiri nos últimos 16 anos à frente de todos esses projetos, além da participação nas empresas em que invisto a partir do Shark Tank.

Os números com os quais tenho me deparado no noticiário me fizeram acreditar que esse é o momento ideal para tirar mais esse projeto do papel. Uma pesquisa do SEBRAE divulgada em 2019 mostrou que ter seu próprio negócio é o 4º maior sonho do brasileiro, atrás apenas de comprar a casa própria, viajar pelo Brasil e comprar um automóvel. Três sonhos que podem ser facilitados uma vez que você comece a empreender.

Diferentemente do que acontecia no passado -- na época dos nossos pais e avós -- construir uma carreira sólida em uma empresa foi a resposta de apenas 19% dos entrevistados, ficando na 8ª posição do ranking. Com a pandemia, as coisas mudaram ainda mais. Dados divulgados pelo Estadão mostram que:

  • A pandemia mudou o perfil do empreendedor brasileiro, aumentando o número de mulheres, jovens e pessoas com mais de 55 anos empreendendo;
  • Mais de 14 milhões de brasileiros se tornaram empreendedores no último ano;
  • 83% dos empreendedores que começaram no período afirmam que a principal motivação que os levaram a abrir o próprio negócio foi a escassez de empregos registrados — o que aumentou, também, o empreendedorismo por necessidade nos últimos dois anos;
  • Mais de 50 milhões de brasileiros sinalizaram o interesse e intenção de empreender no último ano e 35% destes afirmam que foram inspirados pelas necessidades decorrentes da crise trazida pelo novo coronavírus.

Faz sentido para você que, em um momento em que tantas pessoas estão dando seus primeiros passos para começar um negócio, eu possa contribuir com a minha experiência em um programa inédito e imersivo?

Para mim faz muito sentido. E é por isso que esperei tanto tempo. Agora, eu quero te convidar para fazer parte desse projeto comigo.

Tire o seu negócio do papel 

Muitas pessoas sonham em empreender, mas também sentem medo de começar algo do zero. Como te expliquei, eu sei que muitas dúvidas permeiam quem está pensando em entrar nesta jornada do negócio próprio. Por isso, eu me uni à EXAME Academy, para criar o "Do Zero ao Negócio".

O meu primeiro curso de empreendedorismo tem o objetivo de ajudar a alavancar ou começar negócios do zero por meio de uma imersão em todo o conhecimento e experiência adquiri atuando e me tornando uma referência no ramo nos últimos 16 anos.

Se você está em dúvidas se esse curso pode realmente te ajudar saiba que ele é indicado para quem:

  • Tem uma ótima ideia de negócio, mas não sabe por onde começar a colocá-la em prática;
  • Já tem um negócio, mas sente que ainda tem dúvidas sobre como transformá-lo em um empreendimento de sucesso;
  • Sonha em começar um negócio — seja ele qual for — mas sente medo;
  • Já teve um negócio que, por algum motivo, não foi para frente.

Se você se encaixa em algum desses casos, vem comigo, é só acessar aqui e conhecer mais sobre o curso Do Zero ao Negócio.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também