HSBC conclui transação milionária com tecnlogia blockchain na Ásia

HSBC Bangladesh usa carta de crédito baseada em blockchain para importação de 20 mil toneladas de combustível de Singapura
 (Brendan McDermid/Reuters)
(Brendan McDermid/Reuters)
Por Gabriel RubinsteinnPublicado em 03/11/2020 16:57 | Última atualização em 11/11/2020 17:36Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O banco HSBC concluiu a primeira transação com carta de crédito baseada em blockchain realizada em Bangladesh, no sudeste asiático.

A transação, feita na plataforma Contour DLT, tinha como objetivo a importação de 20 mil toneladas de combustível de Singapura.

CEO do HSBC em Bangladesh, Mahbub ur Rahman descreveu a operação como "prova do comprometimento do banco em apoiar negociações internacionais utilizando tecnologia de ponta":

"Acredito que isso poderá iniciar uma nova era nas transações comerciais internacionais à medida em que empresas e governos reconheçam a transparência, a segurança e a rapidez da blockchain", disse.

Dados da SWIFT indicam que Bangladesh negociou, apenas no primeiro semestre de 2020, 34 bilhões de dólares em cartas de crédito, o que mostra um potencial enorme para utilização da tecnologia blockchain a fim de reduzir custos e tempo de cada transação.

Ainda fica confuso com os termos do mercado de criptomoedas e têm dificuldades para entender como funciona esse universo? Conheça a EXAME Research!

Na operação do HSBC, o tempo de processamento da transação foi reduzido de algo entre 5 e 10 dias para menos de 24 horas.

"Cartas de crédito de combustível são muito sensíveis ao tempo, e cada segundo conta. Acreditamos que a tecnologia blockchain vai nos ajudar a gerenciar o tempo de forma mais eficiente e ainda garantir uma melhor gestão de custos", disse Moinuddin Hasan Rashi, diretor da United Group, que fez a venda.

A plataforma Contour utiliza a blockchain Corda, da R3, e pertence a um consórcio de oito insituições financeiras. Além do HSBC, fazem parte ING, Citi, BNP Paribas, Standard Chartered, Bangkok Bank, SEB e CTBC.

O uso do blockchain por grandes empresas, instituições e governos, especialmente em grandes negociações e outras atividades financeiras significativas é mais um indicativo do potencial da tecnologia e da enorme variedade de soluções que ela pode oferecer.