Future of Money
Acompanhe:

Furnas anuncia licitação para criação de banco de dados em blockchain

Principal subsidiária da Eletrobrás abriu processo para contratação de empresa especializada em blockchain para criação e gestão de base de dados distribuída

 (Cristian Lourenco / EyeEm/Getty Images)

(Cristian Lourenco / EyeEm/Getty Images)

G
Gabriel Rubinsteinn, com informações do Cointelegraph

16 de junho de 2021, 11h12

A Furnas Centrais Elétricas S/A, empresa de geração e transmissão de energia que é subsidiária da Eletrobrás, anunciou na terça-feira, 15, a abertura de um processo de licitação para contratação de uma empresa especializada em blockchain. O objetivo da licitação, publicada no Diário Oficial da União, é criar uma base de dados com a tecnologia.

A licitação não revela muitos detalhes sobre o projeto, mas mostra que Furnas busca de contratar uma “empresa especializada em inovação tecnológica para criação e governança de ambiente com tecnologia blockchain de bases de dados distribuídas”.

Segundo o edital, as propostas de preço deverão “incluir todos os custos e despesas, tais como: custos diretos e indiretos, tributos, encargos sociais, trabalhistas e previdenciários, seguros, taxas, lucro, uniformes, alimentação, transporte e outros necessários ao cumprimento integral do objeto”.

As empresas que se candidatarem devem comprovar capacidade técnica para o desenvolvimento de projetos em provedores de infraestrutura em nuvens, com "gestão do ciclo de vira de máquinas virtuais e orquestração e govenança de redes blockchain".

Entre as soluções em blockchain citadas como referência, estão plataformas como Hyperledger Fabric, Hyperledger Sawtooth, R3 Corda ou Consensys Quorum. As propostas devem ser enviadas a partir do dia 9 de julho. A abertura das propostas será no dia 18 de agosto.

Furnas é uma das mais antigas empresas de energia do país, subsidiária da Eletrobrás e vinculada ao Ministério de Minas e Energia. A estatal atua na geração e transmissão de energia para as regiões Sudeste, Sul, Centro-Oeste e Norte do Brasil, operando com doze usinas hitroelétricas e duas termoelétricas. A empresa fundada em 1957 atende 51% das residências brasileiras.

Últimas Notícias

ver mais
Startups de cripto e blockchain captam valor recorde em investimentos
seloBlockchain e DLTs

Startups de cripto e blockchain captam valor recorde em investimentos

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Grayscale revela fundo cripto de DeFi ligado ao novo índice da Coindesk
Blockchain e DLTs

Grayscale revela fundo cripto de DeFi ligado ao novo índice da Coindesk

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Plataforma une NFT e DeFi e cria mercado de produtos de luxo tokenizados
Blockchain e DLTs

Plataforma une NFT e DeFi e cria mercado de produtos de luxo tokenizados

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Startup brasileira usa blockchain e acelera processo de registro autoral
Blockchain e DLTs

Startup brasileira usa blockchain e acelera processo de registro autoral

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
icon

Brands

ver mais

Uma palavra dos nossos parceiros

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais