EXAME Agro

Apoio:

Logo TIM__313x500

Mapa anuncia Wilson Vaz de Araújo como novo secretário de Política Agrícola

Araújo substitui Neri Geller, demitido na terça-feira,11, após suspeitas de irregularidades do leilão de arroz

César H. S. Rezende
César H. S. Rezende

Repórter de agro e macroeconomia

Publicado em 17 de junho de 2024 às 09h47.

Última atualização em 17 de junho de 2024 às 14h26.

O governo federal anunciou na última sexta-feira, 14, a nomeação de Wilson Vaz de Araújo como o novo secretário adjunto de Política Agrícola do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) – a portaria nº 672 com a nomeação de Araújo foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

Servidor de carreira da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Araújo substitui Neri Geller, demitido na terça-feira,11, após suspeitas de irregularidades do leilão de arroz – o novo secretário até então estava à frente do Departamento de Crédito e Informação da pasta.

Leilão do arroz

Na semana passada, o governo anulou o leilão para compra de arroz importado. Além do cancelamento, o então secretário de Agricultura, Neri Geller, deixou o cargo pelo fato de estar no centro da polêmica do certame.

No dia seguinte, o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, disse que, tanto a sua pasta quanto o Executivo, "não têm compromisso com o erro" e reforçou que um novo edital deve ser lançado com mais transparência. Diante do imbróglio, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, confirmou que um novo certame deve acontecer "em até 10 dias".

Acompanhe tudo sobre:Ministério da Agricultura e PecuáriaAgronegócio

Mais de EXAME Agro

Safra brasileira de soja deve atingir 153,2 milhões de toneladas neste ano, estima Abiove

Carne de porco: preços devem ter altas pontuais no segundo semestre

Argentina: falta de chuvas afeta plantio do trigo e afasta possibilidade de safra recorde

Eventos agro: Confira a agenda para os próximos dias

Mais na Exame