EXAME Agro

Apoio:

Logo TIM__313x500

Lula afirma que Brasil e África terão 25 ações para desenvolvimento agrícola da região

Lula realizou suas primeiras agendas oficiais no país nesta sexta-feira. Ele chegou ao Palácio Presidencial perto das 7h15, horário de Brasília, e foi recebido pelo presidente angolano, João Lourenço

 (Ricardo Stuckert / PR/Flickr)

(Ricardo Stuckert / PR/Flickr)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 25 de agosto de 2023 às 10h57.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva falou à imprensa após agendas em Angola sobre a cooperação entre os dois países. Entre os pontos citados por Lula, estão acordos de cooperação em saúde, educação e agricultura.

"Vamos elaborar um plano de ação conjunta entre nossos ministérios da Agricultura. Estamos desenvolvendo um programa que será um novo paradigma na nossa cooperação com a África. O programa vai reunir 25 ações que se complementam todas com o objetivo de promover o desenvolvimento agrícola nesta região", disse.

Campanha mundial contra a desigualdade

Mais cedo, Lula afirmou que está "assumindo um compromisso" de tentar fazer uma "campanha mundial contra a desigualdade". Ele deu as declarações após ser condecorado com a Ordem Dr. António Agostinho Neto.

"Essa ordem aumenta a minha responsabilidade. Agora, eu estou assumindo o compromisso de tentar fazer uma campanha mundial contra a desigualdade", comentou.

Lula realizou suas primeiras agendas oficiais no país nesta sexta-feira. Ele chegou ao Palácio Presidencial perto das 7h15, horário de Brasília, e foi recebido pelo presidente angolano, João Lourenço. Os dois tiveram uma reunião privada.

O presidente também visitou o Memorial Antônio Agostinho Neto, ex-presidente que lutou pela independência do país. Lula prestou homenagem ao político e depositou uma coroa de flores. A relação diplomática entre Brasil e Angola foi estabelecida em 1975, ano da independência do país africano — o Brasil foi o primeiro país a reconhecer a independência.

Na agenda do presidente ainda há a previsão que ele participe de uma sessão solene em sua homenagem na Assembleia Nacional e tenha um encontro privado com Carolina Cerqueira, presidente da Assembleia.

Acompanhe tudo sobre:Exame-AgroLuiz Inácio Lula da Silva

Mais de EXAME Agro

Carne de porco: preços têm espaço para altas consistentes nos próximos meses

Argentina: falta de chuvas afeta plantio do trigo e afasta possibilidade de safra recorde

Eventos agro: Confira a agenda para os próximos dias

CCIR 2024: prazo para emissão do documento termina nesta semana

Mais na Exame