Brasil bate recorde de cervejarias; São Paulo lidera ranking

Estado tem 340 cervejarias artesanais, seguido pelo Rio Grande do Sul e Santa Catarina, segundo um estudo do Ministério da Agricultura; mercado cresce mais de 10% entre 2020 e 2021
 (Getty Images/Getty Images)
(Getty Images/Getty Images)
Carla Aranha
Carla Aranha

Publicado em 06/09/2022 às 13:39.

Última atualização em 06/09/2022 às 14:15.

O mercado de cervejas continua em expansão no país. No ano passado, o setor contava com 1.549 cervejarias, 12% mais do que em 2020, segundo um estudo do Ministério da Agricultura. O Anuário da Cerveja 2021 aponta que foram registradas 200 novas fábricas de cerveja no ano passado, o que representa a criação de 166 empresas no segmento. “O mercado cervejeiro vem evoluindo e demonstrando resiliência a crises internas e externas", diz Glauco Bertolo, diretor do departamento de inspeção de produtos de origem vegetal do Ministério da Agricultura.

A maior parte das cervejarias se localiza nas regiões Sul e Sudeste, que somam 1.329 estabelecimentos. O estado de São Paulo lidera o ranking, com 340 cervejarias, seguido pelo Rio Grande do Sul (285) e Santa Catarina (195). Alguns estados, no entanto, surpreendem. É o caso de Rondônia, em que o número de produtores de cervejas cresceu 200% no ano passado. No Acre, o aumento foi de 100%, seguido pelo Piauí (66,7%).

Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo toda manhã no seu e-mail. Cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

O número de municípios com pelo menos uma cervejaria também aumentou, passando de 609 em 2020 para 672 em 2021. São Paulo se destaca como a unidade da Federação com o maior número de municípios que apresentam pelo menos uma cervejaria. O Rio de Janeiro aparece em segundo lugar, com 38% das cidades com ao menos uma produção local de cerveja.

Em relação à densidade de cervejarias por habitante, Santa Catarina ocupa a liderança, com um estabelecimento para cada 37.633 habitantes. Em todo o país, há uma cervejaria registrada para cada 137.713 habitantes.

São Paulo é a unidade federativa com maior número de produtos registrados (10.104). O Rio Grande do Sul fica em segundo lugar (5.363), seguido por Minas Gerais (5.184). O município de Várzea Paulista, no interior de São Paulo, tem a marca recorde de 622 produtos registrados em uma única cervejaria.

Quanto à exportação de cerveja, houve um aumento de 66.687.006 quilos em comparação a 2020. Ao todo, as cervejas brasileiras chegaram em 71 países, o que proporcionou um faturamento de US$ 131,5 milhões. Os principais destinos são países da América do Sul, que respondem por 99% das vendas externas. O Paraguai ocupa o topo do ranking, seguido pela Bolívia, Chile, Argentina e Uruguai. Quanto à importação, os produtos são provenientes de 27 países, com destaque para os Estados Unidos.

Notícias exclusivas de agro e o que movimenta o mercado

Você já conhece a newsletter semanal EXAME Agro? Você assina e recebe na sua caixa de e-mail as principais notícias sobre o agronegócio, assim como reportagens especiais sobre os desafios do setor e histórias dos empreendedores que fazem a diferença no campo.

Toda sexta-feira, você também tem acesso a notícias exclusivas, o que move o mercado e artigos de especialistas.

Série de vídeo EXAME Agro

Assista também à série de vídeo EXAME Agro, sobre os grandes empresários do agro, novas práticas de sustentabilidade, inovação e avanços tecnológicos no campo, gravadas no Brasil e no exterior. Quinzenalmente, um novo vídeo é publicado no canal da EXAME no YouTube.

Veja também: