Aeroporto de Frankfurt espera manter serviço apesar de nova greve

Sindicato de segurança aérea (GdF), que representa 200 funcionários, convocou paralisação para este domingo

Berlim - A empresa que gerencia o aeroporto de Frankfurt, a Fraport, espera manter os serviços com relativa normalidade, apesar da greve convocada a partir das 20h (horário local, 17h de Brasília deste domingo até as 4h (1h) da quinta-feira pelo sindicato de segurança aérea (GdF), que representa 200 funcionários.

A Fraport está preparada para enfrentar as interrupções e minimizar seus efeitos em passageiros e companhias aéreas, informaram fontes da Fraport, após expressar sua incompreensão com a nova convocação de greve feita no sábado por esse sindicato.

A GdF, representante do pessoal de terra de segurança aérea, anunciou estas novas medidas de protesto, após dar por rompidas as negociações com a patronal na sexta-feira à noite.

A convocação segue aos cinco dias de greve realizados esta semana, que provocaram o cancelamento de 1.200 voos, aproximadamente 20% do total de Frankfurt, o de maior tráfego aéreo do continente. EFE

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.