6 habilidades dos profissionais de marketing e publicidade do futuro

As habilidades comportamentais, que já têm papel crucial no desenvolvimento do mercado, passam a ganhar espaço também no setor de educação

Há algumas décadas, as habilidades técnicas, ou hard skills, eram o parâmetro de crescimento na carreira. Hoje, num mundo hiperconectado e cheio de informação, a tendência é outra.

As soft skills são habilidades comportamentais que, ao contrário das hards, não podem ser facilmente mensuráveis e se tornam cada vez mais essenciais por estarem diretamente relacionadas à produtividade do colaborador e à sua contribuição para os times de uma organização. Elas são constantes na trajetória dos profissionais perfil T e já confirmaram ser fator de sucesso na carreira quando bem trabalhadas. O termo T foi mencionado pela primeira vez em 1980, na McKinsey & Company, e representa a união entre soft skills (traço horizontal do T) e hard skills (traço vertical do T) num único perfil profissional.

De acordo com a Forbes, existem seis soft skills altamente procuradas no mercado atualmente. São elas: comunicação eficaz, pensamento criativo, resiliência, empatia, liderança e ética no trabalho. Mesmo tendo sua importância reconhecida, as soft skills ainda não fazem parte da educação da maioria dos brasileiros, o que justifica o despreparo dos profissionais de nosso mercado em tomada de decisão, liderança, resolução de conflitos e até mesmo a ausência de criatividade. A consultoria de recursos humanos Page Personnel fez uma pesquisa com recrutadores que apontou que 90% das demissões acontecem por questões relacionadas às habilidades comportamentais, ainda que as contratações aconteçam por habilidades técnicas.

Dados como esse têm alertado o mercado, que valoriza cada vez mais a produtividade e os relacionamentos nas empresas, fatores seriamente impactados por habilidades comportamentais. A união entre hard skills e soft skills vai ao encontro desse propósito, formando profissionais mais completos e preparados para o mercado tanto em termos técnicos quanto em termos comportamentais.

A Cria School concretiza isso trazendo as soft skills junto com conteúdo técnico para as aulas, demonstrando assim o papel das habilidades comportamentais em cada etapa de uma estratégia de comunicação. Habilidades como foco e priorização, empatia e criação de hábitos são alguns dos assuntos trabalhados nas primeiras semanas do curso, que são voltadas para estudo e planejamento de marketing. Ao longo do percurso, mais de 10 habilidades são trabalhadas, incluindo equilíbrio e felicidade.

A construção de conteúdo prático sobre soft skills levou em conta obras e pesquisas de autores renomados, como Shawn Achor, professor do curso Felicidade em Harvard, e Greg McKeown, escritor e palestrante famoso por defender a importância do essencialismo na sociedade. A plataforma também promove semanalmente uma mentoria com os alunos sobre uma habilidade específica.

Segundo Fernanda Belfort, CEO da Cria School e executiva com mais de 20 anos de experiência em marketing, para identificar as habilidades que lhe faltam, o profissional deve preencher o mapa de Perfil T. “O Perfil T torna visual aquilo em que queremos nos especializar e aquilo que coopera com essa especialidade. Por isso, começar por ele é entender o que você quer desenvolver e quais habilidades são primordiais para se tornar o melhor nisso”, afirma ela. A Cria School liberou o acesso gratuito ao Mapa de Perfil T desenvolvido pela plataforma.

Para ter acesso gratuito ao Mapa de Perfil T clique aqui.

A Cria School, em parceria com a EXAME Academy, abrirá uma nova turma em Estratégia de Marketing Digital no dia 10 de agosto. São 200 vagas para todo o Brasil e a plataforma já disponibilizou a Lista de Espera, que pode ser acessada aqui.

Quem é a Cria School?

A Cria School é uma plataforma de educação de marketing e publicidade 100% online. Fundada pelo empreendedor serial Rapha Avellar, CEO da agência Avellar e um dos grandes expoentes do marketing digital no país, a Cria School se propõe a formar os melhores profissionais do mercado em apenas quatro meses, o que no ensino tradicional levaria quatro anos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.