5 livros indicados pelo head da Exame Academy para ajudar a se desenvolver

Mesmo para quem não gosta de ler, o hábito é essencial não só para entender a vida financeira, mas também para o desenvolvimento pessoal e profissional
André Portilho: "Tudo o que você está vivendo e sentindo provavelmente já foi vivido e sentido por alguém que escreveu a respeito e que pode trazer soluções e pontos de vista", diz head da Exame Academy (Leandro Fonseca/Exame)
André Portilho: "Tudo o que você está vivendo e sentindo provavelmente já foi vivido e sentido por alguém que escreveu a respeito e que pode trazer soluções e pontos de vista", diz head da Exame Academy (Leandro Fonseca/Exame)
Por Da RedaçãoPublicado em 13/11/2020 12:00 | Última atualização em 15/11/2020 12:02Tempo de Leitura: 4 min de leitura

Quando se fala em estudos e aprendizados logo vem à mente livros, que são uma das principais formas de aprender sobre qualquer tema, inclusive investimentos e finanças. Mesmo para aqueles que não gostam de ler, o hábito é ótimo não só para entender a vida financeira, mas também para o desenvolvimento pessoal e profissional de cada um.

Ler provoca reações no cérebro que são diferentes de outras formas de consumir conteúdo. Enquanto uma pessoa lê, sua mente está constantemente projetando imagens, estimulando sentidos, criando sinapses e conexões. Isso aumenta a capacidade de imaginação, de conectar pontos e estimula a criatividade.

“Quem lê aumenta seu repertório e se torna uma pessoa mais interessante no trabalho, com os amigos e até pra conseguir um par igualmente interessante. Além disso, tudo o que você está vivendo e sentindo provavelmente já foi vivido e sentido por alguém que escreveu a respeito e que pode trazer soluções e pontos de vista que vão te ajudar a resolver seus problemas”, afirma o head da Exame Academy, André Portilho.

Portilho separou cinco livros que considera essenciais para qualquer pessoa que busca se desenvolver pessoal e profissionalmente e entender um pouco mais sobre o mundo dos negócios e das finanças. Confira:

1. Como fazer amigos e influenciar pessoas - Dale Carnegie

O livro “Como fazer amigos e influenciar pessoas” foi lançado em 1937 por Dale Carnegie. A obra fala sobre o comportamento humano e mostra a melhor maneira de se relacionar com as pessoas. A princípio, o autor escreveu o livro para ser utilizado em um curso de relacionamento pessoal que era dado nos Estados Unidos, depois da grande depressão de 1929. A obra começou a fazer um sucesso repentino e virou o livro de venda mais rápida do mundo na época, com 3 milhões de unidades em língua inglesa. Atualmente, já são mais de 50 milhões exemplares vendidos. A última grande atualização do livro foi realizada em 1981.

2. The undiscovered self - Carl Jung

O fundador da psicologia analítica, Dr. Carl Gustav Jung, lançou a obra “The undiscovered self ("o eu não descoberto", em tradução livre), em 1958, três anos antes de falecer. No livro, Jung afirma que o futuro da civilização estava ligado diretamente à capacidade dos seres humanos de resistir às forças coletivas da sociedade. “Somente ganhando consciência e compreensão da própria mente inconsciente e da verdadeira natureza interior, podemos, como indivíduos, adquirir o autoconhecimento que é contrário ao fanatismo ideológico”, diz um trecho da obra. Para isso, entretanto, o autor afirma que os indivíduos devem enfrentar o medo da dualidade da mente humana (a capacidade para fazer o bem e o mal que está em cada pessoa).

3. Iludidos pelo acaso - Nassim Nicholas Taleb

O livro ("Fooled by randomness" no original) é uma obra que mostra diferentes caminhos para uma pessoa pensar sobre negócios. O escritor do livro, que foi considerado pela “revista Fortune” um dos livros mais inteligentes já lançados, Nassim Nicholas Taleb, é um trader de sucesso no mercado financeiro dos EUA. O livro fala sobre como a sorte, às vezes, pode influenciar um bom resultado final, sendo até mais importante do que a habilidade. A sinopse do livro indaga o leitor em alguns pontos cruciais para o aproveitamento da obra como: “O que faz algumas pessoas serem mais bem-sucedidas que outras? Tem relação com habilidade e estratégia ou pode ter influência de algum fator que foge ao nosso controle?”

4. 1984 - George Orwell

“1984”, de George Orwell, foi publicada em 1949. O livro é um “clássico moderno” que trata do lado obscuro de qualquer forma de poder totalitário. O livro foi o último romance escrito por George Orwell. Na obra, Winston, personagem herói, vive aprisionado no sistema totalitário de uma sociedade dominada por inteiro pelo Estado, onde tudo é feito coletivamente, mas cada qual vive sozinho. Especialistas acreditam que 1984 é uma forte crítica aos regimes totalitários socialistas da Europa. A obra de Orwell também pode ser vista como uma forte reflexão ficcional sobre os excessos delirantes de qualquer forma de poder incontestado.

5. A ascensão do dinheiro - Niall Fergusson

A Ascensão do Dinheiro: A História Financeira do Mundo (“The Ascent of money: A Financial History of the World), de Niall Ferguson. Ferguson, historiador escocês que leciona em faculdades como Stanford e Harvard, conta uma boa parte da história da humanidade através da evolução do sistema financeiro, começando pela sua criação, na antiga Mesopotâmia. De acordo com o autor, a evolução do crédito e da dívida foi tão importante quanto as inovações tecnológicas na ascensão da civilização.

A Exame Academy é o braço de educação da Exame, e tem como proposta oferecer conhecimento prático dentro de disciplinas ligadas a áreas como finanças, gestão, negócios, carreiras, empreendedorismo e tecnologia. Confira nossos cursos.